Noticias

Boulevard Olímpico movimenta Zona Portuária

i508660

O Boulevard Olímpico, instalado na Zona Portuária do Rio de Janeiro, tem se consagrado como ponto de encontro dos Jogos Olímpicos. O espaço reúne um público de diferentes idades. Da criança correndo pela praça atrás do algodão-doce, ao adulto maravilhado com a beleza do local, passando pelo jovem que tenta acertar a pose na selfie em frente ao Museu do Amanhã.

Todos procuram diversão e arte e ali eles encontram. São três quilômetros de muitas atrações, todas gratuitas. Quem não tem ingresso, aproveita para acompanhar as principais competições do telão instalado na praça. É ali também que fica o Palco Encontros, que recebe diariamente shows de diversos artistas.

Nesta terça-feira (9), a médica Cíntia de Oliveira Nascimento aproveitou as férias escolares para levar as crianças para conhecer os museus.

Intervenções artísticas, performances de rua, músicos, dançarinos, malabaristas. A programação na área de convivência é diversificada e atrai muitas pessoas. É tanta gente circulando que enfrentar filas acaba se tornando inevitável, como conta a professora aposentada Maria de Lourdes Cunha, que veio do interior de São Paulo para curtir o clima olímpico da cidade.

Além dos museus e da Casa Brasil, espaço que abriga um pouco do que o país tem de melhor nos armazéns do píer, outra opção é caminhar pela Orla Conde, apreciar a vista e ver de perto a chama olímpica, que fica em frente a Igreja da Candelária. A estudante Yasmin dos Santos Lima classificou o espaço como um presente para cariocas e turistas.

Ainda no Boulevard, os mais aventureiros podem saltar de bungee jump ou tentar andar no maior balão panorâmico do mundo, que encanta os visitantes com um ângulo diferente da cidade.

 

 

 

 

(Fonte Agência Brasil)