Noticias

Polonês suspeito de tráfico é preso em São Gonçalo

foto_6_1

O polonês Stanislaw Galas, preso na manhã deste domingo (31) na Comunidade das Almas, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, foi delatado por seu cunhado, Gabriel Felipe, de que também foi detido, segundo a Polícia Militar. Na casa do estrangeiro foram apreendidos armamento de alta precisão e grande quantidade de drogas.

Na manhã deste domingo, PMs que realizavam patrulhamento na região em busca de um estuprador notaram um homem suspeito – Gabriel – em cima de uma laje. Ao avistar o veículo militar, o homem fugiu. Os agentes conseguiram capturá-lo e, com ele, foi apreendido um rádio transmissor. Foi quando Gabriel, conhecido como Biel, se propôs a levar a PM  ao local onde estava Stanislaw, seu cunhado, que, segundo disse aos policiais, seria o gerente do tráfico do local.

O comando do 7° BPM (São Gonçalo), montou uma operação com nove oficiais. Ao chegarem no bairro Almerinda, por volta de 11h, encontraram na residência do polonês Stanislaw Galas, de 42 anos, 300 sacolés de cocaína, um fuzil 762, uma carabina de repetição, uma balança de precisão, um binóculo, uma algema, rádios transmissores, munição calibre 762, além de materiais para a manutenção do armento.

Alexsander Ferraz, advogado do estrangeiro preso, disse que a única ilegalidade cometida por seu cliente é a sua atual situação no Brasil.

“Stanislaw reside no Rio há três anos, mas está com o visto vencido”, disse.

Na delegacia, ao desembarcar da viatura, o suspeito foi instruído por duas jovens, que segundo a polícia eram suas mulheres, a responder o que fosse perguntado. Quando Stanislaw entrou nas dependências da 74ºDP (Alcântara), uma delas alegou “Ele é um ótimo ator”.

O polonês foi indiciado por tráfico de drogas e porte ilegal de armas de fogo de uso restrito, disse a polícia, e, caso seja condenado, sua sentença pode totalizar 30 anos de prisão.

No sábado (30), uma mulher foi presa com drogas e uma pistola na mesma localidade.
Ocorrências registradas na 74ª DP (Alcântara).