Destaques

Papamóvel chega ao Rio

Os dois veículos que serão utilizados pelo Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude,  chegou no Rio de Janeiro e em Aparecida (SP) transportandos pelo  avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que pousou, na tarde desta segunda-feira (15), na Base Aérea do Galeão,. O pouso ocorreu por volta das 12h40. Os carros do papa, um jipe branco e outro na cor verde, vieram a bordo de um avião cargueiro, modelo Hércules C-130. Os veículos vão seguir para o Terceiro Comando Aéreo Regional (III Comar), no Centro. Agentes da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, além da escolta do Vaticano, acompanham a chegada e o translado dos carros. Os trajetos da vista do pontífice já foram definidos. Os fiéis estão ansiosos com a possibilidade de ver o papa de perto. “O objetivo é ver de perto. Chegar perto e ver, não assim junto dele, mas próximo ao carro”, contou a dona de casa Gessy Marone.

O Papa Francisco deve usar o papamóvel 12 vezes, os maiores trechos serão em Copacabana e Guaratiba, na Zona Sul e Oeste, respectivamente. Em Copacabana, nos dias 25 e 26, o papamóvel sai do Forte e segue pela orla até o palco na altura da Avenida Princesa Isabel. Além do papamóvel, o pontífice terá disponível um jipe verde. Um dos pedidos do Papa para a Jornada Mundial da Juventude foi ter contato com as pessoas. “Em Roma, já no dia da posse, eu estava lá e vi o Papa Francisco pedir pra para o jipe para poder se dirigir a um rapaz doente, pode estar com ele, apertar a mão, dar uma benção, isso é muito dele”, garantiu o padre Joel Ramalho, secretário executivo do Comitê Organizador.

O esquema de segurança segue os padrões de visitas internacionais dos papas. “Nós, desde que começamos a organização da Jornada, nunca ligamos para a segurança a Rio de Janeiro, cidade grande, problema tem em todo lugar. Agora, o próprio papa prefere quebrar os protocolos de segurança a estar distante das pessoas”, completou.  ‘