Esporte

Abel Braga é demitido do Fluminense

Abel Braga é demitido do Fluminense . A decisão foi tomada em reunião com o vice-presidente de futebol Sandro Lima durante a madrugada e será confirmada na tarde desta segunda-feira, em coletiva a ser realizada na sede das Laranjeiras. O treinador não resistiu à sequência de cinco derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro, a última delas por 2 a 0 contra o Grêmio, no domingo, em Porto Alegre.

No desembarque da delegação tricolor no Rio de Janeiro no início da tarde desta segunda-feira, o treinador, Sandro Lima e o diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, adotaram o silêncio e não falaram sobre o assunto, o que só irá ocorrer na entrevista no final da tarde.

A irritação foi com o meia Dakson, do Vasco, que deu toque de calcanhar durante a semifinal da Taça Guanabara. Abel pediu uma ?dura? do então técnico Gaúcho no jogador. ?Legal o torcedor gritar olé quando o time faz o tempo passar tocando a bola. Mas dar de letra é palhaçada?

A diretoria corre atrás de um nome para substituí-lo, mas ainda não há um consenso. Vanderlei Luxemburgo agrada a Celso Barros, presidente da patrocinadora Unimed, mas não é visto com bons olhos pela diretoria. O nome de Cristóvão Borges recebeu elogios, mas a intenção do treinador é cumprir seu contrato no Bahia. Já Ney Franco, que também foi sondado, rejeitou convites de Celso Barros no passado e ambos teriam que superar um atrito na relação.

Abel Braga deixa o Fluminense na 17ª colocação, com nove pontos em nove jogos. Na partida contra o Cruzeiro, na próxima quarta-feira, às 19h30, no Maracanã, o time das Laranjeiras poderá ser comandado pelo técnico da equipe juvenil Marcelo Valadares A comissão técnica do treinador é permanente e deve acompanhá-lo na saída. O treinador dos juniores do Flu, Marcelo Veiga, está em excursão com os jovens da base na Alemanha.

Abel Braga chegou ao Fluminense em junho de 2011 para sua segunda passagem pelo clube carioca. Após um início complicado, ele conquistou a vaga à Libertadores no mesmo ano e terminou o torneio nacional em 3º. Na temporada seguinte, ganhou o Campeonato Carioca e o título Brasileiro com três rodadas de antecedência. A decepção veio com a eliminação nas quartas de final da Libertadores, que se repetiu neste ano, na mesma fase.

No final da temporada passada, Abel recebeu sondagens do Internacional, mas preferiu continuar após renovar o contrato. Ele deixa o Fluminense com 217 jogos (nas duas passagens), com 114 vitórias, 44 empates e 59 derrotas. O agora ex-treinador também se tornou recentemente o profissional que mais comandou o Fluminense em toda a história do Campeonato Brasileiro, com 119 jogos. Zezé Moreira, com quatro passagens pelo clube, lidera o ranking de treinadores com mais jogos: 474.