Vinte servidores da Seap são exonerados após descoberta de motel em presídio de Benfica | RJ notícias - Ultimas noticias RJ - Esporte - Politicia - Dicas - Entretenimento
Noticias

Vinte servidores da Seap são exonerados após descoberta de motel em presídio de Benfica

 

im df d95ae18651735bcd97c3191dabde910fportaldoholanda-825614-imagem-foto-amazonas6558882

Um dia após ser revelada a existência de um “motel” privativo para internos na Cadeia Pública em Benfica, 20 funcionários da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio de Janeiro foram exonerados. O ato é atribuído no Diário Oficial desta quinta-feira (8) ao interventor federal, general Walter Braga Netto.

Em nota, a Seap negou que as publicações no periódico tenham a ver com os problemas identificados no presídio. A secretaria informou que o novo representante da pasta, David Anthony, é o titular do cargo desde 24 de janeiro e que os atos de exoneração e nomeação fazem parte da rotina administrativa da nova gestão.

O Ministério Público do Rio, durante inspeção na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte, no último dia 19, descobriu seis quartos adaptados e que se assemelhavam a um motel.Em algumas habitações, havia luzes vermelhas e corações nas paredes.

No presídio estão presos da Lava Jato, como o presidente afastado da Assembleia Legislativa, Jorge Picciani, e outros deputados estaduais. Também já esteve na cadeia o ex-governador Sérgio Cabral.