Noticias

Ex-delegado da Polícia Civil é preso por extorsão

O ex-delegado da Polícia Civil, Célio Erthau, e mais um homem foram presos, nesta segunda-feira, por extorsão na Zona Oeste do Rio. Os suspeitos foram detidos após a denúncia de um comerciante de que supostos policiais da 34ª DP (Bangu) estavam coagindo trabalhadores da região.

Erthau e o outro homem, ainda não identificado, foram encontrados com um carro roubado, além de estarem com uma pistola, um revólver com a numeração raspada, um simulacro de arma de fogo, e dois distintivos: um deles de delegado de polícia e outro similar ao de inspetor de polícia, e camisas da Polícia Civil.

Os dois usariam o veículo roubado como viatura para fingirem que eram da polícia, e assim, intimidar comerciantes para conseguir dinheiro e bens.

Segundo a Polícia Civil, Erthau já foi investigado por participar de falsas blitze em Niterói. A investigação foi aberta há 11 anos pela a então corregedora da Polícia Civil, Ivanete Fernanda de Araújo. Na época, Erthau era lotado na 50ª DP (Itaguaí). O ex-delegado foi indiciado por abuso de autoridade, desacato e prevaricação e também é suspeito de roubo e porte ilegal de arma.