Noticias

Moradores da Rocinha reclamam da falta de investimento social

150566786359beab17d54e8_1505667863_3x2_md

Moradores da Rocinha se reuniram nesta terça-feira com oficiais da Unidade de Polícia Pacificadora para discutir segurança da comunidade da zona sul do Rio de Janeiro. O encontro foi convocado pela Associação de Moradores da Rocinha.
O presidente da associação Carlos Eduardo Barbosa reclama das escolas fechadas e falta de investimento social.
A conversa foi acompanhada por profissionais da imprensa e ocorreu na quadra conhecida como Roupa Suja. O comandante da UPP major Daniel Gomes disse que é preciso registrar  arrombamentos de casas na delegacia e quando for constatado erros policiais serão tomadas providências.
O major disse ainda que os blindados estão na rua para garantir a segurança, e o clima não é de guerra mas ainda é uma situação complexa.
Na reunião, a moradora Francisca Maria Rodrigues Gomes fez pedido de ajuda para encontrar seu filho que está desaparecido. Ele sumiu dois dias antes do cerco a Rocinha realizado pelas Forças Armadas.
Segundo Francisca, Anderson Rodrigues Rangel, de 17 anos, não era envolvido com o tráfico de drogas

Segundo Francisca o caso foi registrado na delegacia da Rocinha nesta segunda-feira.

(Fonte Agência Brasil)