Noticias

Prefeitura de Niterói investiga Mal da Vaca Louca em quatro pacientes

Um assunto voltou a circular nas redes socias assustando muitos internautas: a volta da doença Creutzfeldt-Jakob. O tema surgiu após quatro pessoas serem atendidas em três hospitais particulares de Niterói, entre o fim de 2016 e o início de janeiro deste ano. No entando, segundo a prefeitura de Niterói, não há, até o momento, evidências da relação desses casos suspeitos com o consumo de carne bovina, portanto não se deve utilizar o termo “Mal da Vaca Louca”.

A Coordenação de Vigilância em Saúde do município de Niterói foi notificada sobre as suspeitas na rede privada, três deles em 2016 e uma em 2017. Um dos casos já foi descartado e não houve notificação de óbito. Todos são investigados e monitorados.

A Fundação Municipal de Saúde convocou uma equipe, composta por médico neurologista, pela Coordenação de Vigilância em Saúde e pelo Departamento de Vigilância Sanitária, que está mobilizada no acompanhamento e investigação dos casos. Técnicos estão entrevistando os pacientes e seus familiares para rastrearem possíveis causas para a doença. O município também comunicou a Secretaria de Estado de Saúde, que está trabalhando em conjunto com a Fundação Municipal de Saúde na investigação. Estão sendo seguidos todos os protocolos do Ministério da Saúde.