Aplicativo provocou va zamento de dados de clientes do Banco do Brasil

Atletas de 207 países desfilam na abertura da Rio 2016

republica_do_congo

Após mostrar com muita luz, cor e música a diversidade cultural do Brasil, a temática do espetáculo de abertura da Rio 2016 mudou e abordou as mudanças climáticas que o país e o mundo enfrentam. A emissão de gases de efeito estufa, o degelo dos polos, a elevação do nível do mar e o aumento da temperatura entraram em cena para alertar por um mundo mais sustentável.

Nessa parte da festa, as atrizes Fernanda Montenegro e Judy Dench recitaram o poema A Flor e a Náusea, enquanto telões apontavam o reflorestamento como um caminho.

Em seguida, começou o desfile dos 12 mil atletas de 207 delegações participantes dos jogos olímpicos. São 206 países e o time dos refugiados olímpicos.

O primeiro país a desfilar foi a Grécia, que tradicionalmente abre essa parte da cerimônia. Em, seguida, as delegações começaram a entrar em ordem alfabética. O público está aplaudindo de pé a entrada dos atletas. A delegação brasileira, anfitriã dos Jogos, será a última a entrar, com 465 atletas.

Floresta dos Atletas

Todos os atletas que participam da cerimônia de abertura receberam uma semente ao entrar no campo. Essas sementes, de 207 espécies, serão plantadas no local em que hoje está instalado o Parque Radical, no Complexo Esportivo de Deodoro, onde será criada a Floresta do Atletas.

A cerimônia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, primeira edição na América do Sul do maior evento esportivo do planeta, começou há pouco no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, com duração prevista de quatro horas. O cantor e compositor Paulinho da Viola cantou o Hino Nacional e emocionou o público presente.

A cerimônia de abertura desta edição deve seguir a tradição de anteriores, contando a história do país-sede e de seu povo. A coreógrafa Deborah Colker, uma das mais renomadas da dança nacional, é quem assina a coreografia do espetáculo.

Thomas Bach, presidente do COI, e Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB e do comitê organizador dos Jogos do Rio, sobem ao palco para discursar.

Abre-se o palco, no centro do gramado do Maracanã. A festa de abertura continua após o desfile de todas as delegações. “Estão abertos os Jogos Olímpicos”, anuncia o alto-falante do estádio.

Puxada por Yane Marques, entra a delegação brasileira no Maracanã.

Muitos aplausos ao time dos refugiados, que competirá pela bandeira do COI no Rio de Janeiro.

Tá chegando o Brasil… Quem desfila agora é a Tanzânia…

  Público se encanta com abertura da Rio 2016 nas redes sociais

Espetacular, sensacional, impressionante foram alguns dos adjetivos utilizados pelos internautas para qualificar a abertura dos Jogos Olímpicos, realizada na noite desta sexta-feira (5), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Sérvia, Singapura, Síria, Somália: desfile abrange todas as delegações com a letra

  Atletas de 206 países desfilam na abertura da Rio 2016

Após mostrar com muita luz, cor e música a diversidade cultural do Brasil, a temática do espetáculo de abertura da Rio 2016 mudou e abordou as mudanças climáticas que o país e o mundo enfrentam. A emissão de gases de efeito estufa, o degelo dos polos, a elevação do nível do mar e o aumento da temperatura entraram em cena para alertar por um mundo mais sustentável.

Nessa parte da festa, as atrizes Fernanda Montenegro e Judy Dench recitaram o poema A Flor e a Náusea, enquanto telões apontavam o reflorestamento como um caminho.

Mais da metade dos países já desfilaram. Agora chega a vez de países com a letra M, iniciados por Madagascar.

Passamos a marca dos 100 países. E chega a vez da Itália, delegação bastante aplaudida pelo público no Maracanã. A nadadora Federica Pellegrini é quem carrega a bandeira.

Começam os desfiles de países iniciados com a letra E. Quem abre é o Egito, seguido por El Salvador e Emirados Árabes Unidos.

Cinquenta países já passaram pelo Maracanã, entre eles o Benin (foto). Ao todo, 207 delegações vão desfilar. O Brasil, por ser o país-sede, é quem fecha a festa no Rio de Janeiro.

E continuam os países com a letra B: Botsuana, Brunei, Bulgária, Burkina Faso e Burundi entram no Maracanã.

Cabo Verde abre a relação dos países com a letra C. Em seguida, surgem os atletas de Camarões e Camboja.

Bélgica e Belize participam agora da cerimônia de abertura do Maracanã.

Cerimônia segue com as entradas das delegações da Bolívia e da Bósnia-Herzegovina.

1470449648902832

1470446031563681

(Fonte Agência Brasil)