Noticias

Tio matou sobrinha e arrancou os seios da jovem

130548

Um homem foi preso pela morte da sobrinha e confessou o crime, detalhando ainda que arrancou os seios da moça: “eram bonitos”. Segundo Agrevil do Carmo Santos, 50 anos, ele matou Janaína de Fátima de Matos, 21 anos, motivado pela notícia de que ela ia casar. O crime foi em Cerro Azul, na região metropolitana de Curitiba. “Eu não queria que ela fosse embora. Ela era uma boa companhia”, afirmou Agrevil. O agricultor disse que a sobrinha morava na casa dele há 4 anos, para trabalhar e estudar – os pais da jovem viviam em Ribeirão do Veado, localidade a cerca de 12 km da cidade. Na última semana, Janaína disse que iria se mudar para a casa do noivo em Rio Branco do Sul. Os dois trabalhavam juntos em uma loja de departamentos e já planejavam a casamento. De acordo com a polícia, Agrevil tinha ciúmes doentios da sobrinha e não gostou da notícia de que ela iria embora. “Fiz porque gostava muito dela. Não queria que ela fosse embora. Gostava muito da companhia dela. Não sei porque eu fiz isso. Me deu um apagão, estou arrependido, acabei com a minha vida. Quero pedir perdão para a família dela, mas sei que eles nunca vão me perdoar”, afirmou.Ele contou detalhes do crime com frieza, dizendo que premeditou o homicídio. Ele esperou que ela fosse almoçar em casa em um dia que mais ninguém tivesse. O criminoso ainda tentou simular um assalto, levando o dinheiro e o celular da sobrinha. Janaína foi golpeada pelas costas quando lavava roupas na lavanderia da casa. Ele a golpeou no pescoço já com intenção de matá-la. Logo depois, cortou os dois seios e separou para ele. O corpo da jovem foi então arrastado para o quintal. Para dar mais ênfase à ideia de latrocínio, o tio deixou cédulas de dinheiro perto da jovem. O resto ele jogou em um rio próximo. Foi o destino dos seios da vítima. “Joguei os dois seios no rio junto com o celular dela. Os seios dela eram bonitos”.No enterro, o tio chorou e chegou a ir até a polícia pedir empenho na investigação. Agrevil é casado e tem dois filhos. Toda a família ficou chocada com o crime.