Noticias

PM torcedor do São Paulo mata amigo após ser chamado de ‘bambi’

7jr7516c2rtqxmeu6zya2px8q

Uma discussão em um bar em São Vicente terminou com a morte de Robson Oliveira João, de 36 anos. Um policial militar que não estava em horário de trabalho atirou em Robson após ser chamado várias vezes de “bambi”. Os dois eram amigos e estavam assistindo pela TV ao duelo entre São Paulo 2 x 2 Flamengo, quarta à noite. Após atirar em Robson, o policial fugiu. Ele permanece foragido. O policial, cuja identidade não foi revelada, é torcedor do São Paulo. Em notícia apresentada pela TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, o irmão da vítima, Roberto João Júnior, disse que Robson e o policial eram amigos. “Eles estavam conversando, brincando. Nessa brincadeira, parece que o policial sacou a arma e atirou. Eles eram amigos. Um levava o outro para casa. Não entendi o que aconteceu”, disse. Conforme investigação da polícia, Robson teria chamado o policial de “bambi” durante a partida para tirar sarro. O policial teria avisado que não aceitaria mais a brincadeira, ameaçando atirar caso Robson continuasse. O caso foi registrado de madrugada no 1º DP de São Vicente e será encaminhado ao 2º DP.