Noticias

Fábrica de armamento explode na Ucrânia

Uma fábrica de armamento controlada por rebeldes pró-russos, perto do reduto separatista de Donetsk, explodiu hoje (20) após um tiroteio, algumas horas antes da assinatura de um acordo entre os rebeldes e o governo ucraniano.

Segundo a Câmara Municipal de Donetsk, a fábrica de explosivos nº 47, situada em um subúrbio a nordeste da cidade, foi atingida pela primeira vez por tiros de artilharia.

Ivan Prikhodko, vice-presidente do bairro de Vorochilovski, onde se localiza a fábrica, disse à cadeia de televisão Ukrayina que “os explosivos armazenados na fábrica provocaram, em seguida, uma segunda explosão”. Acrescentou que o paiol principal, que contém 2,5 toneladas de explosivos, não foi atingido e que apesar de os estragos serem “bastante significativos”, a explosão não provocou vítimas.

A fábrica pertence ao grupo estatal ucraniano Ukroboronprom.

A Câmara assegurou, em comunicado, que o nível de radiação ou de poluição no ar de Donetsk não foi afetado pela explosão.

As deflagrações ocorrem depois de ter sido firmado, na madrugada de hoje, um acordo entre o governo ucraniano, a Rússia, os rebeldes e a Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa, a fim de consolidar o cessar-fogo decretado no último dia 5.

O acordo prevê a criação de uma zona desmilitarizada de 30 quilômetros dos dois lados da fronteira.

 

 

(Agência Lusa)