Noticias

Comércio do Rio prevê aquecimento de vendas com parcela do décimo terceiro

novo-salario-minimo-2012

O pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) – com a injeção de  mais de R$1,5 bilhão na economia do estado do Rio – pode aquecer a venda no comércio varejista do Rio, conforme expectativa dos comerciantes. De acordo com o presidente do Clube de Diretores Lojistas do Rio, Aldo Gonçalves (CDL-Rio), as vendas de setembro devem ser incrementadas em até 3% com o pagamento, ajudando o setor a recuperar as perdas registradas em junho e julho, com os feriados e a Copa do Mundo.

Aldo Gonçalves informou ainda que os comerciantes cariocas têm feito de tudo para melhorar as vendas, desde promoção e liquidação até a modalidade de crediário diferenciado, com descontos e número de parcelas maiores. As vendas nas datas comemorativa durante no primeiro semestre, como o Dia das Mães e Dia dos Namorados, ficaram aquém das expectativas.

“A variação do volume de vendas de janeiro a junho deste ano, comparativamente ao mesmo período do ano passado, cresceu apenas 3,6% no estado do Rio, enquanto no Brasil aumentou 4,2%. Esse menor crescimento deve estar relacionado ao número de feriados e ao fato de a inflação de 4,29% na região metropolitana do Rio de Janeiro ter sido a segunda maior entre todas as regiões metropolitanas, com base na pesquisa do IPCA [Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo] realizada pelo IBGE para o cálculo da taxa de inflação”, avaliou  Gonçalves.

 

(Agência Brasil)