Noticias

Programa Estadual de Transplantes lança Manual do Paciente de Transplante de Córnea

Com o objetivo de aprimorar os transplantes de córnea no estado do Rio de Janeiro, o Programa Estadual de Transplantes (PET) lançou o Manual do Paciente de Transplante de Córnea. O documento é um informativo sobre os processos de doação e transplante com doador falecido e esclarecer dúvidas sobre o tema.

Para se inscrever na fila há duas possibilidades: através de um encaminhamento médico ou da procura do próprio paciente. Uma equipe de transplantes credenciada ao Ministério da Saúde irá representá-lo e inscrevê-lo junto ao Sistema Informatizado de Gerenciamento (SIG), coordenado pelo Sistema Nacional de Transplantes (SNT). Automaticamente, o paciente passa a ter o Registro Geral de Cadastro Técnico (RGCT), um número que identifica e fornece informações importantes, como, por exemplo, a situação na fila de espera.

A lista é única por estado e o critério da espera é cronológico, mas alguns casos mais graves podem ter prioridade. Segundo o médico oftalmologista Gustavo Bonfadini, diretor do Banco de Olhos do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) e coordenador da Câmara Técnica de Transplante de Córnea, situações como o olho perfurado, úlcera de córnea, retransplante após falência primária do enxerto, descementocele, receptor com menos de sete anos e opacidade corneana bilateral são critérios de prioridade para o transplante.

Em 2013, o estado do Rio bateu o recorde em transplantes de córnea, após a inauguração do segundo Banco de Olhos do Estado do Rio de Janeiro, no Insituto de Traumatologia e Ortopedia (Into). O primeiro banco fica em Volta Redonda. Com os dois em funcionamento, foram realizadas 310 cirurgias ao longo do ano passado.

Atualmente, seis hospitais realizam o transplante pelo SUS no estado do Rio: Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE/Uerj), Hospital Universitário Antônio Pedro (UFF), Hospital Federal dos Servidores do Estado (HSE), Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (UFRJ), Hospital Adventista Silvestre e Oftalmoclínica São Gonçalo.

Para ser um doador de córneas, basta comunicar à família o seu desejo. O Manual do Paciente de Transplante de Córnea está disponível no site www.transplante.rj.gov.br. Outras informações também podem ser passadas pelo Disque-Transplante, no número 155.