Noticias

Operação Barreira Fiscal intensifica ações antes da Copa do Mundo

Agentes da Operação Barreira Fiscal (OBF), da Secretaria de Governo, deram início, na noite de terça-feira (21/05), à Operação Barreira da Copa, com o objetivo de fiscalizar e coibir a entrada no estado de produtos piratas ou sem documento fiscal de importação. A força-tarefa conta, além dos agentes da OBF, com equipes da Secretaria de Fazenda e da Receita Federal.

No primeiro dia de operação, os agentes apreenderam o equivalente a R$ 100 mil em produtos piratas, como bonés, tênis, camisas e capas para celular, em um ônibus no Posto de Nhangapi, em Itatiaia. O material recolhido do veículo, que ia de São Paulo para o Espírito Santo, foi inutilizado.

– São 60 agentes envolvidos na operação. O local é estratégico, por ficar em uma área de divisa entre Rio e São Paulo. Até a Copa, teremos diversas operações como esta realizada em pontos que a inteligência da Receita identificar como mais importantes – afirmou o coordenador da OBF, Noberto Bueno. 

Para a Operação Barreira da Copa, a Receita Federal disponibilizou um scanner de bagagem e cães farejadores, com o objetivo de aumentar o rigor na fiscalização. Além disso, a partir de hoje, policiais militares do Batalhão de Ações com Cães (BAC) passaram a participar das abordagens.