Noticias

CNI aprova decisão pelo fim da alta dos juros

A manutenção dos juros básicos da economia em 11% ao ano foi uma decisão acertada do Banco Central, avalia a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em nota, a entidade informou que a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) ajudará a aliviar as pressões sobre setor produtivo. A entidade defendeu a ampliação dos cortes fiscais para conter a inflação.

Segundo a confederação, o ciclo de alta dos juros, que começou em abril do ano passado e só terminou hoje, foi insuficiente para diminuir a inflação. “O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado em 12 meses está em 6,28% e deve continuar próximo de 6,5%, teto da meta estabelecida pelo governo”, relembrou a nota.

Para trazer a inflação para o centro da meta estabelecida pelo governo, de 4,5%, a CNI defendeu o corte de gastos públicos para diminuir a demanda sem comprometer a indústria e o consumo. “O término do ciclo de alta dos juros é necessário para evitar que o custo da redução da inflação recaia preponderantemente sobre o setor produtivo”, destacou o comunicado.

 

(Agência Brasil)