Noticias

Procon Estadual autua 5 restaurantes especializados em comida japonesa

aaaa

 O Procon Estadual, vistoriou nesta segunda-feira (24/02) restaurantes especializados em comida japonesa. A Operação Harakiri esteve em estabelecimentos de toda a cidade verificando a validade dos alimentos e a forma como estão sendo armazenados, além das condições de higiene e manutenção dos locais fiscalizados. Dos 18 restaurantes vistoriados, cinco apresentaram irregularidades. Foram recolhidos 17kg e 120g de produtos vencidos, bem como três litros de mostarda e 2kg e 760g de alimentos sem especificação do prazo de validade. O caso mais grave encontrado pelos fiscais foi na filial do Benkei, no Condomínio Rio 2, na Barra da Tijuca. A fiscalização recolheu 32 bandejas de shitake vencidos, totalizando 6kg e 400g. Também foram encontrados fora do prazo de validade770g de rosbife, três litros de mostarda e 1kg e 200g de tofu, além de 60g de filé de tilápia e 1kg e 300g de bacalhau sem apresentar data de vencimento.
Os restaurante que não apresentaram irregularidades na Operação Harikiri foram os seguintes: Mitsue, da Av. Beira Mar (Centro); Mitsuba, da Rua São Francisco Xavier (Tijuca); Kotobuki, do Shopping Rio Design (Barra de Tijuca); as filiais do Benkei da Rua Henrique Drummond (Ipanema) e Barra Shopping; além das filiais do Manekineko da Rua da Quitanda (Centro), Casa Shopping (Barra da Tijuca), Cobal do Humaitá, Rua Barão da Torre (Ipanema), Rua Dias Ferreira (Leblon) e Itanhangá Center.

Operação Jarra d’água

As equipes do Procon Estadual também deram prosseguimento à Operação Jarra D’Água, verificando se os restaurantes vistoriados na Operação Harakiri cumprema Lei Estadual 2424/95,que estabelece o fornecimento de água potável filtrada, gratuitamente, aos consumidores. Nenhum deles oferecia água aos clientes. Nesta primeira fase, os fiscais apenas esclareceram os responsáveis pelos estabelecimentos sobre a lei e distribuíram a clientes o Menu de Direitos, uma cartilha na qual estão detalhadas todos os direitos do consumidor nesse tipo de estabelecimento, entre eles, o fornecimento gratuito de água filtrada. A fiscalização retornará aos estabelecimentos já vistoriados ainda esta semana e aqueles que não estiveram disponibilizando água filtrada para seus clientes serão autuados e multados.

Balanço da Operação Harakiri:

1 – Benkei (Barra Shopping): 2kg de salmão skin e 900g de gergelim vencidos.

2 – Kotobuki (Botafogo Praia Shopping): 1kg e 500g de chantilly vencidos e 20 unidades de tempura (50g cada) sem especificação.

3 – Hachiko (Travessa do Paço, 10/Centro): 1kg de champignon, 1kg e 900g de ceviche de maracujá, 400g de cogumelo Shitake, 400g de molho de batata, 400g de maçã cristalizada e 200g de salsa de manga vencidos.

4 – Benkei (Rio 2/Barra): 32 bandejas (200g cada) de Shitake, 770g de rosbife, 3 litros de mostarda, 1kg e 200g de tofu vencidos; 460g de filé de tilápia e 1kg e 300g de bacalhau sem especificação.

5 – Sushi Tijuca (Rua Conde do Bonfim, 10/Tijuca): 43 unidades de harumaki de legumes e 50g de massa de soja e arroz vencidos.