Casal que confessou ter assassinado estudante em festa na Unicamp é preso | RJ notícias - Ultimas noticias RJ - Esporte - Politicia - Dicas - Entretenimento
Noticias

Casal que confessou ter assassinado estudante em festa na Unicamp é preso

 

 Reprodução Facebook

A  polícia prendeu no último fim de semana  os assassinos confessos do universitário Denis Papa Casagrande  que foi assassinado em uma festa no campus da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), no último fim de semana, eles foram presos na noite desta sexta-feira (27/09).

A Justiça decretou a prisão temporária dos suspeitos por 15 dias.

Maria confessou ter matado Casagrande, de 21 anos, com golpes de faca e alegou legítima defesa para o crime. Anderson Mamede confirmou ter agredido o universitário com um skate mas nega ser responsável pelo assassinato, e declarou à polícia que a confusão começou após a vítima seguir sua namorada até o banheiro e ter tentado agarrá-la, o assassinato aconteceu por volta das 3h30, após o universitário Denis Papa Casagrande se envolver em uma  briga com um grupo de punks, do qual Maria Teresa e Mamede fazem parte.

Os assassinos  foram presos em suas casas. Maria Teresa foi levada para a cadeia feminina de Paulínia e Mamede, foi  para a carceragem do 2º Distrito Policial de Campinas.

Depois de prestar depoimento, na noite de segunda-feira (23/09), Maria Teresa levou policiais até o local onde estava a arma, uma faca de cozinha pequena. O objeto estava enterrado ao lado de um ponto de ônibus na Unicamp.

Denis Papa Casagrande cursava o segundo ano de engenharia e controle de automação, na Faculdade de Engenharia Mecânica.

Na sexta-feira (27/09), a pró-reitora de Desenvolvimento Universitário da Unicamp, Teresa Atvars, anunciou que o campus da instituição terá a presença da Polícia Militar. A iniciativa partiu do governador Geraldo Alckmin.A assessoria de imprensa da Unicamp disse que a sugestão de policiais militares ajudarem os 250 seguranças particulares da instituição na segurança foi discutida pela reitoria da Unicamp horas depois da fala de Alckmin em Araras, no interior paulista.

Um planejamento estratégico será feito pela universidade com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), para definir prazos, efetivo e outros detalhes.