Noticias

Trabalhadores de trens metropolitanos de São Paulo decidem entrar em greve

12/06/2013
Em assembleia conjunta na noite de hoje (12) os trabalhadores da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) decidiram entrar em greve a partir da meia-noite.  Vão ficar paralisadas as linhas 8, 9, 11 e 12 dos trens metropolitanos. Os empregados que trabalham nessas linhas são representados pelos sindicatos dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias de Transporte de Passageiros da Zona Sorocabana e dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona da Central do Brasil.

A CPTM rejeitou em audiência na tarde de hoje a proposta apresentada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que previa, entre outros pontos, reajuste de 8,56%. O tribunal chegou a apelar para os trabalhadores que evitassem a paralisação antes que o TRT emitisse uma decisão sobre o impasse.

Reunião de conciliação entre ferroviários e CPTM acaba sem acordo

12/06/2013
Acabou sem acordo a reunião de conciliação entre os trabalhadores da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e representantes de empresa hoje (12) no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). A empresa recusou a proposta do tribunal e os funcionários tomarão uma decisão em assembleia na noite de hoje.

O TRT fez um apelo para que os trabalhadores representados pelos sindicatos dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias de Transporte de Passageiros da Zona Sorocabana e dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona da Central do Brasil não façam greve antes do julgamento da questão pelo tribunal. A empresa e os funcionários têm 48 horas para se manifestarem formalmente sobre a proposta de hoje e, a partir daí, o TRT poderá proferir a sua decisão.

Os dois sindicatos em estado de greve e que participam das negociações são responsáveis pelas linhas 8, 9, 11 e 12 dos trens metropolitanos.  Mais dois sindicatos que representam os funcionários do restante das linhas aceitaram a proposta da CPTM.

Da Agência Brasil