Noticias

Governador Geraldo Alckmin anuncia corte de gastos para custear redução de tarifas

O governador Geraldo Alckmin anunciou hoje (28) um conjunto de medidas que resultarão em um corte de despesas equivalente a R$ 129,5 milhões para este ano. A redução de custos vai suprir os gastos do estado com a revogação do aumento nos preços das passagens do transporte público. “Ele [valor] cobre totalmente as reduções tarifárias feitas pelo estado”, declarou.

Entre as medidas adotadas está   a venda do helicóptero usado por ele e a extinção de 2.036 cargos comissionados que estão vagos. O governo estadual espera economizar, apenas com a venda da aeronave, R$ 4,5 milhões por ano,a extinção dos cargos comissionados estará em um decreto que deve ser publicado neste sábado (29) no Diário Oficial. O governo diz, ainda, que irá devolver 436 carros alugados, em uma economia de R$ 6,5 milhões ao ano. Também serão vendidos 1.044 veículos do governo do estado. A expectativa é economizar R$ 3,1 milhões com a manutenção dos carros. Alckmin apresentou metas de economia de água, luz, combustível, passagens aéreas e diárias de hotel.

Além disso, três fundações serão unificadas: a Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap), a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) e o Centro de Pesquisas de Administração Municipal (Cepam). “Não há necessidade de nós termos as três, vamos fundir em uma só, com redução de prédio, aluguel, carro, diretores, conselhos, gastos com estruturas físicas, melhor economicidade e resultados”, disse.