Noticias

Técnico de enfermagem é preso

O técnico em enfermagem Adriano Ferreira Amato de 26  anos  foi preso nesta quinta-feira em sua casa, no bairro de São Gonçalo (Niterói) por ter cometido  uma série de crimes contra famíliares que o contrataram  para cuidar de seus parentes idosose doentes. Até o momento se tem o conhecimento de três famílias que tiveram cheques, cartões de crédito, eletrodomésticos, entre outros objetos, furtados e roubados pelo técnico em enfermagem, durante plantões nas casas dos familiares dos idosos doentes.

Da família de Lúcia Carvalho (63 anos), ele roubou dez cartões de crédito, nove cheques, além de documentos de Identidade e CPFs. Os nove cheques foram descontados em agências do banco Itaú, rendendo-lhe mais de R$ 8 mil. Com um dos quatro cartões de crédito do irmão de um  idoso doente, em estágio terminal, ele fez um empréstimo de R$ 48 mil. Somente com os documentos desta família ele gastou mais de R$ 60 mil. Com viagens , compras de joias, eletrodomésticos, roupas, entre outros. Numa joalheria de Curitiba – Paraná, o técnico em enfermagem comprou uma jóia no valor de R$ 8.400.

Adriano foi  autuado na 1° DP (Praça mauá).  O delegado Aldrin Genuíno da Rocha disse que, pelo fato do  acusado ter praticado crimes na presença de pessoas doentes e impossibilitadas de reagir, ele foi autuado também por roubo, além de furto, de falsidade ideológica, falsificação de documento e estelionato. Adriano está preso temporariamente. O delegado vai pedir à Justiça a prisão preventiva do criminoso   .