Noticias

Moradores do Rio protestam contra falta de energia e água 72 horas após chuva

Passadas quase 72 horas depois do temporal que desabou no Rio — na noite de quarta e madrugada de quinta-feira — ainda há bairros sem energia elétrica, árvores caídas e moradores sem água. De acordo com a Comlurb, a companhia em parceria com a Light atua desde a manhã deste sábado na retirada de árvores e no restabelecimento da energia.

Bairros como Praça Seca, Ilha do Governador, Sulacap, Honório Gurgel, Ramos e Penha ainda estão sem luz. Moradora da Rua Pinto Teles, na Praça Seca, Zona Oeste do Rio, a maquiadora Vivian Alvarenga, 35 anos, contou que precisou ir para casa da mãe. “Tive que sair do meu apartamento com os meus dois filhos pequenos, que não tinham condições de ficar lá. Além da falta de luz desde 1h da manhã de quinta-feira, nós também estamos sem água. É um total descaso com os consumidores. A síndica do prédio ligou para Light e disse que a previsão é a partir de terça-feira”.

Desde sexta-feira moradores de diversas partes do Rio fazem protestos por conta da falta de luz. Na manhã deste sábado, na Praça Seca, o vendedor Luiz Octávio Lima, 43 anos, participou de uma manifestação pedindo o restabelecimento da energia elétrica. “Moradores estão revoltados porque são muitas horas sem luz. Eles não nos dizem nada. Viemos para a altura da estação Pinto Teles protestar pacificamente”, conta o morador da região.