Noticias

Taxista é acusado de estupro em Niterói

Uma jovem de 22 anos acusa um taxista de estupro e agressão, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. O crime teria acontecido durante uma corrida na noite do dia 22 de abril.

Em entrevista a faxineira contou que o motorista desviou o caminho indicado e fingiu estar perdido. No entanto, após rodar pelos bairros Baldeador e Caramujo, o acusado teria tomado o seu celular, além de pedir todo o seu dinheiro e agredi-la com golpes de chave de fenda,e parou em uma parte escura da estrada e bateu sua cabeça contra o painel do carro e rasgado a sua roupa. Ela conta que começou a buzinar para chamar a atenção de motoristas que passavam pelo local. Um motociclista parou e o taxista a empurrou do carro e fugiu.

Segundo a mulher, o taxista ainda passou com o pneu em cima do seu pé durante a fuga.

 A Polícia Civil informou que o caso está em andamento na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Niterói e outras informações serão divulgadas em breve para que as investigações não sejam prejudicadas.