Noticias

Rio terá 9,5 mil PMs para reforçar segurança na eleição

03092010-03092010ef18664

O esquema de segurança no Rio de Janeiro terá reforço de mais 9,5 mil policiais militares no 2º turno das eleições, além do efetivo normal em todo o estado. Esse agentes vão atuar nos  municípios do Rio de Janeiro, de Niterói, São Gonçalo, Petrópolis, Volta Redonda, Duque de Caxias, Belford Roxo e Nova Iguaçu. O número total não foi divulgado por questão de estratégia de segurança, informou a assessoria da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ)

A mobilização começa a partir das 14h de sábado (29), com escoltas e distribuição das urnas nos locais de votação. Policiais farão a guarda do local até o fim das votações, no domingo (30). Haverá ainda escolta dos equipamentos aos polos eleitorais, onde serão contabilizados os votos.

As Forças Armadas darão suporte no policiamento no Complexo da Maré, zona norte, nos bairros da zona oeste, na Baixada Fluminense e na Região Metropolitana, em Niterói e São Gonçalo. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e o Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) também serão empregados estrategicamente durante esta etapa do pleito eleitoral, informou a PMERJ.

Além da capital, oito municípios fluminenses terão segundo turno. As restrições quanto a propaganda eleitoral começaram hoje (28), como a proibição de uso de carro de som próximo a prédios públicos. A distribuição de panfletos está permitida até amanhã.

A boca de urna no domingo pode ser denunciada pelo Whatsapp 99533-5678, pelo email propaganda.eleitoral@tre-rj.jus.br, pelo Disque Denúncia (3436-9999) e na ouvidoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), pelo telefone 3436-9090.

 

(Fonte Agência Brasil)