Noticias

Nove suspeitos de tráfico são presos em operação na Cidade Nova

bfj6sjekwdpwb7x0hrta2btrs

Policiais da 6ª DP (Cidade Nova) fazem operação, na manhã desta sexta-feira, na Cidade Nova, região do Centro do Rio, para cumprir nove mandando de prisão e 15 de busca e apreensão contra traficantes que atuam nas imediações do Sambódromo, próximo à Praça XI.

Até o momento, nove pessoas já foram presas, entre elas, Alex Moura de Matos, conhecico como “Chulé”. Ele é apontado nas investigações como o chefe do tráfico da região. Contra ele havia dois mandados de prisão, expedidos pela Justiça, pelos crimes de tentativa de homicídio e tráfico de drogas.

 

A operação “Apoteose” é comandada pelo delegado Antenor Lopes, titular da 6ª DP, e tem o apoio do 4º BPM (São Cristóvão), do Batalhão de Ações com Cães (BAC) e de outras 15 delegacias da capital. De acordo com o delegado, “só com as apreensões que foram feitas hoje, a quadrilha levou um prejuízo de R$ 100 mil”.

“Aquela área está em plena ascensão econômica e os traficantes perceberam que aquela era uma região interessante para a venda de drogas. Eles chegaram até mesmo a expulsar os moradores das próprias casas para aumentar seus lucros”, afirmou Anteno Lopes.

Durante a ação, os agentes estouraram diversas bocas de fumo e aprenderam grande quantidade de drogas, como 7.030 papelotes de cocaína, 439 papelotes de crack, 6 tabletes de maconha, uma motocicleta, que teria sido comprada com dinheiro do tráfico, além de duas granadas, carregadores, armas, munição, tablet, iPhones e BlackBerrys, que teriam sido roubados, inclusive, na Avenida Presidente Vargas e adjacências, em, pelo menos, 15 pontos de venda de drogas na área. Também foram apreendidos televisores e vídeo-games, que seriam usados pelos viciados para trocar por droga nessa região.

De acordo com a Polícia Militar, a operação fez um levantamento durante três meses, que comprovou que traficantes de drogas do Morro de São Carlos e de outras comunidades do Estácio, após a implantação de Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs), migraram para ruas no entorno da Cidade Nova, atendendo aos compradores em vários pontos.