Noticias

Policiais com folgas suspensas começam a reforçar patrulhamento no Rio

A 38 dias para a Copa do Mundo de 2014, 2 mil policiais militares foram convocados para trabalhar e começaram a reforçar hoje (5) o efetivo para dar mais segurança a população nas ruas da cidade. A medida, que seria implementada durante a Copa, foi antecipada após o pedido do governador Luiz Fernando Pezão para conter a onda de violência na cidade e foi anunciada na última sexta-feira (2) pelo secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame.

O objetivo desse reforço é conter o crescimento de violência e reduzir os crimes que registraram aumento nos últimos meses em todo o estado. Segundo o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, a polícia reconhece o aumento na criminalidade e pretende, por meio do reforço policial, diminuir a incidência de crimes como homicídios, autos de resistência e roubos a transeuntes.

“Realmente a gente vem percebendo um aumento da criminalidade. Há um aumento gradativo desde a metade do segundo semestre do ano passado, mas agora nós estamos pondo praticamente toda a polícia na rua para dar a ostensividade necessária para tentar diminuir essas incidências”, disse Beltrame.

A Policia Militar informou que algumas das medidas adotadas pela corporação foram o reforço dos 2 mil policiais e de 100 viaturas em áreas com grande fluxo de pessoas, principalmente nas zonas sul e norte da cidade. Além disso, 490 policiais que se formarão na próxima sexta-feira (9) serão usados no reforço do patrulhamento. A PM disse que ainda não há como especificar os bairros que os PMs atuarão, mas que os militares reforçarão a vigilância nos principais centros urbanos da capital fluminense.

 

(Agência Brasil)