Noticias

Cabeleireiro de artistas é morto por assaltantes em São Gonçalo

2014-690852350-2014022015690.jpg_20140220

O cabeleireiro de famosos , Adriano Figueiredo Ramos, de 39 anos, foi morto na terça-feira, após uma tentativa de assalto em São Gonçalo. Adriano estava em seu carro com a esposa, Kelly de Oliveira Guimarães, na Estrada José de Souza Porto, no Bairro Largo da Ideia, quando foram abordados por bandidos que atiraram contra o veículo. O cabeleireiro morreu no local, e Kelly ficou ferida. Os ladrões fugiram em um Peugeot 206, de cor prata. O delegado Wellington Pereira Vieira, titular da Divisão de Homicídios de Niterói (DHNSGI), informou que as investigações estão bastante adiantadas. Um inquérito policial foi instaurado pela especializada e os agentes já ouviram vários pessoas. Imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas. A polícia aguarda resultado dos laudos periciais. Outros procedimentos estão em andamento para identificar os acusados, que vão responder por latrocínio (roubo seguido de morte). “É uma quadrilha que vem agindo em São Gonçalo. As investigações apontam que eles são ligados ao tráfico de drogas. A quadrilha vem assaltando várias pessoas, que estão ajudando na confecção do retrato falados dos suspeitos”, disse o delegado, acrescentando que quem tiver informações sobre os bandidos deve entrar em contato com a delegacia ou com o disque-denúncia. “Estou chocada! Ele é um amor de pessoa. Ele fez meu cabelo uma vez para a estreia da minha peça (Feliz por nada), em Niterói, em outubro. Conversamos bastante. Não sei nem o que dizer… Só posso orar pela família dele. A gente fica chocada com toda essa violência”, disse a atriz da Rede Globo, Cristiana Oliveira, com a voz abalada ao saber da morte de Adriano