Noticias

Asteroide passou muito próximo da Terra

apophis

Um asteroide com 270 metros de largura e considerado potencialmente perigoso pelos cientistas passou próximo da Terra na noite desta segunda-feira (18), de acordo com a imprensa internacional.

Segundo o jornal britânico “The Guardian”, a rocha espacial conhecida como 2000 EM26 não representou nenhuma ameaça.

A distância mais próxima da Terra, 3,4 milhões de km – o equivalente a 8,8 vezes a distância entre nosso planeta e a Lua – foi por volta das 23h, horário de Brasília.

A agência Reuters afirma que mesmo com essa distância, o corpo celeste foi considerado um objeto potencialmente perigoso à Terra. Os cientistas estimavam que sua velocidade era de 47 mil km/h.

O fato ocorre pouco mais de um ano depois da Rússia experimentar momentos assustadores com a queda de um meteorito na região de Chelyabinsk, que deixou mais de mil pessoas feridas.

Os cientistas estimam que o asteroide pode ter medido até 20 metros e pesado 13.000 toneladas. Ao entrar na atmosfera, ele se tornou um objeto dotado de energia equivalente a um milhão de toneladas de TNT, isto é, 30 vezes a potência da bomba atômica de Hiroshima.

A trajetória, acrescentam, sugere que o meteorito foi alguma vez parte de um asteroide de dois quilômetros de diâmetro chamado 86039, inicialmente avistado em 1999 e que voltava a passar regularmente perto da Terra.