Noticias

Vendas irregulares de jazigos em cemitérios públicos do Rio será investigada

Policiais da Delegacia Fazendária (Delfaz) do Rio de Janeiro  abriram um inquérito nesta segunda-feira (8) para investigar possíveis construções e vendas irregulares de jazigos, além da prática de sonegação fiscal envolvendo funcionários da administração de três cemitérios públicos do Rio.

Os indiciados vão responder por crimes contra a administração pública.

Além da especializada, peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) percorreram mais cedo os cemitérios São João Batista, em Botafogo, na zona sul; São Francisco Xavier, no Caju, Região Portuária e Cacuia, na Ilha do Governador, zona norte.

Segundo os investigadores, os denunciados serão intimados para esclarecer as denúncias. Procurado, o provedor da Santa Casa Misericórdia do Rio, entidade que administra os cemitérios, Dahas Zarur, não quis se pronunciar.

No entanto, a assessoria da instituição se manifestou por meio de nota e aviso no site da instituição. A entidade esclareceu que pretende colaborar com as investigações.

Confira a nota na íntegra:

A Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro vai tomar todas as providências necessárias para apurar as irregularidades apresentadas pelo Fantástico, da Rede Globo de Televisão, no programa do dia 7 de julho de 2013, e punir os responsáveis.

A Instituição, entretanto, vai permitir a todos que usem o sagrado direito de defesa, conforme garante a Constituição Federal aos cidadãos brasileiros de uma forma geral. Á medida que o processo de investigação e punição for avançando, a imprensa será informada.
AVISO IMPORTANTE

A Concessionária Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro alerta o povo, as Autoridades e a Imprensa de que não possui intermediários ou pessoas por ela autorizadas a proceder negócios em seu nome.

Toda ou qualquer transação realizada nos cemitérios só deverá ser realizada através de pagamentos em cheque nominal, cruzado à Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro e a funcionários devidamente identificados.