Destaques

Operação do Bope em Santa Cruz paralisa linhas de ônibus na zona oeste

O serviço de ônibus articulado BRT (Bus Rapid Transit) Transoeste (via expressa para o transporte coletivo da cidade do Rio de Janeiro que liga a região da Barra da Tijuca à Santa Cruz e Campo Grande) está interrompido por mais de quatro horas na ligação entre Paciência e Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste da capital, devido a uma operação do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) contra o tráfico de drogas nas favelas do Rola e nos conjuntos Cesarão 1 e Cesarão 2, em Santa Cruz.

A ação do Bope resultou na morte de um homem, ainda não identificado, e na prisão de outro, em confronto com a tropa de elite da PM. A vítima chegou a ser levada às pressas para o Hospital Estadual Pedro II, no mesmo bairro, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o Bope, os militares apreenderam com os dois homens 103 cartuchos de maconha, 542 tubos de cocaína, além de 32 papelotes da mesma droga e uma pistola automática. A ação teve apoio de dois carros blindados do Bope, da Companhia de Ações com Cães (BAC) e de um helicóptero com atiradores de elite.

Devido à operação policial, um grupo de manifestantes do conjunto Cesarão 1 interrompeu o trânsito na Avenida Cesário de Melo, na altura da Rua Felipe Cardoso, em Santa Cruz. Um ônibus expresso do BRT, que faz a ligação entre Paciência e o Recreio dos Bandeirantes, foi apedrejado e a estação do BRT em frente ao conjunto habitacional foi invadida pelos manifestantes.

A Secretaria Municipal de Transportes informou, que por medida de segurança, desde as 14h, oito estações do BRT estão fechadas temporariamente: Cesarão 1, Cesarão 2, Cesarão 3, Vila Paciência, Três Pontes, Cesarinho, 31 de Março e Santa Eugênia. A situação ainda não voltou ao normal.

Da Agência Brasil