Noticias

Acusado de incitação on-line à violência em manifestações foi autuado

A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) autuou em flagrante Claudevan Alves dos Santos, 30 anos, acusado de praticar o crime de incitação à violência em redes sociais. Claudevan mantém um perfil na internet, onde posta diversos vídeos e comentários em que incentiva a prática de ações violentas contra policiais militares durante as manifestações.

De acordo com o delegado Gilson Perdigão, titular da DRCI, Claudevan foi identificado a partir da análise de imagens das manifestações e monitoramento de internet. Em um dos vídeos postado por Caludevan, ele aparece sendo abordado por policiais militares durante um confronto. Em outra postagem, ele diz estar presente em um ato de vandalismo, onde diversas pessoas quebram um pardal localizado na Avenida Presidente Vargas, na manifestação do dia 20 de junho.

Claudevan foi autuado pelo crime de incitação à violência, mas por se tratar delito de menor potencial ofensivo, ele assinou o termo se comprometendo a comparecer diante de um Juiz e foi liberado.

Nesta quarta-feira, o administrador da página Anonymous Zona Norte, foi indiciado por incitação à prática criminosa. O técnico de informática, publicou em uma rede social um material ensinando como fazer uma bomba de tinta, semelhante às de paintball. O objetivo é que as munições sejam jogadas nas viseiras e nos carros da PM, para desorientar a ação dos agentes durante as manifestações. Se o homem for condenado poderá cumprir uma pena de três a seis meses de detenção ou multa.