Noticias

Manifestação se divide em três e chega à Avenida Paulista

 
A manifestação contra o aumento das tarifas do transporte público, que, segundo a Polícia Militar, reúne mais de 30 mil pessoas  na avenida paulista, dividiu-se, há pouco, em três frentes: o maior grupo protesta na Avenida Luís Carlos Berrini, na zona sul, e dois grupos menores estão na Avenida Paulista e na Marginal Pinheiros.Orgãos que entedem do assunto é  matematicos estimam que ha 65 mil na capital paulista nesse momento.
De acordo com o Movimento Passe Livre, a divisão foi proposital e tem o objetivo de aumentar a segurança. Os grupos que estão na Berrini e na Marginal Pinheiros deverão se encontrar sobre a ponte estaiada Octávio Frias de Oliveira, um dos cartões postais da cidade.
Tanto a Avenida Paulista quanto a Berrini e a Marginal Pinheiros, no sentido Interlagos, estão com o tráfego de veículos totalmente interrompido. Até o momento, a manifestação é pacífica e não houve registro de confrontos.

Hoje (17), a polícia prontificou-se a interromper o tráfego de veículos nas ruas da capital à medida que a passeata avançasse.

Além de cartazes, muitos dos manifestantes trouxeram flores, e diversos grupos estão portando instrumento musicais para animar a passeata.

 Da Agência Brasil

bandeira_do_brasil1