Noticias

Dois irmãos morrem no Vale do Ribeira por causa da chuva

A chuva que atingiu a região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo, nesta madrugada provocou a morte de dois irmãos, um de 11 anos e outro de 17, no município de Ribeira, a cerca de 370 quilômetros da capital. A Defesa Civil está monitorando a elevação do Rio Ribeira, que registra 5,08 metros acima do nível normal.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil do município, Rafael Tamanho, os dois irmãos estavam dormindo, por volta das 2h15,  quando a chuva fez ceder um reservatório de areia que a família tinha para uso em obra. Com a pressão, uma parede e o telhado da casa desabaram sobre os meninos. Outro irmão, de 15 anos, sofreu apenas ferimentos leves. Os avós dos garotos também estavam na residência, mas não tiveram ferimentos.

A casa da família ficava à beira de uma estrada vicinal que liga Ribeira à cidade de Itapirapuã Paulista. Segundo o coordenador da Defesa Civil, os bairros rurais da cidade estavam isolados desde a última sexta-feira (21) porque a ponte sobre o Rio Tijuco estava inundada. Ele informou que apenas na madrugada de hoje a ponte foi liberada ao tráfego.

No município, que tem 1,4 mil habitantes no perímetro urbano, há 50 casas de famílias ribeirinhas que podem ser atingidas pela cheia do Ribeira. Até ontem (25), a Defesa Civil estava em estado de alerta devido ao nível da água do rio, que hoje já começou a baixar. Segundo Rafael Tamanho, com o solo encharcado, há risco de deslizamentos de terra, que também são monitorados pela Defesa Civil. De acordo com ele, mais chuvas estão previstas para os próximos dias.

 

 

Da Agência Brasil