Destaques

Cerimônia de encerramento da Copa das Confederações terá bateria da Grande Rio, Jorge Ben Jor e Arlindo Cruz

 Os portões do estádio serão abertos às 15h

Os torcedores têm um motivo a mais para chegarem cedo ao Maracanã, palco da final da Copa das Confederações entre Brasil x Espanha, no Rio de Janeiro. Além de evitar filas e poder desfrutar das áreas de lazer montadas para o jogo, a partir das 17h25 terá início a cerimônia de encerramento da competição. Com o tema “Juntos num só ritmo”, o espetáculo contará com Arlindo Cruz, representando o samba, Victor & Leo, representando o sertanejo, Ivete Sangalo, representando o axé, e Jorge Ben Jor, representando a MPB, além da bateria da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio.

Os artistas e voluntários fizeram um ensaio no Maracanã nesta sexta-feira (29.06). Com duração de 18 minutos, o espetáculo contará com o apoio 1.250 voluntários, selecionados entre 7.011 candidatos. A cerimônia mostrará o espírito alegre do brasileiro e a força agregadora do futebol.

Operação

Prefeitura do Rio/Divulgação

Prefeitura do Rio/Divulgação#Os portões serão abertos às 15h, uma hora antes em relação às outras duas partidas da Copa das Confederações disputadas no Maracanã. A partida começará às 19h. As autoridades locais reforçam a necessidade de utilizar o transporte coletivo. Quem estiver com bilhete na mão para a grande final não pagará passagem se optar pelo metrô ou trem. As linhas de ônibus também serão reforçadas, as ruas do entorno do estádio estarão fechadas para facilitar a movimentação dos pedestres e será proibido estacionar naquela região. Os torcedores serão recepcionados por voluntários, que indicarão o portão de acesso referente ao assento que consta no ingresso comprado.

Além dos 930 voluntários trabalhando no estádio, 1.300 agentes de segurança privada trabalharão dentro e no perímetro externo imediato do Maracanã. A primeira identificação do ingresso é visual e as filas são divididas entre cadeirantes/pessoas com necessidades especiais, espectadores com bolsas pequenas ou sem bolsas e espectadores com bolsas grandes. Para agilizar o processo, aconselha-se não levar bolsas ou mochilas.

Os espectadores passam, então, pela checagem de segurança, que consiste em pórticos detectores de metais e aparelhos de raios-x para bolsas, numa operação semelhante à que ocorre nos aeroportos. Não é permitido levar, por exemplo, comida, garrafas, sinalizadores e instrumentos musicais.

Após a checagem de segurança, os espectadores passarão pela checagem eletrônica dos ingressos, nas catracas. Nesta etapa, as filas são divididas entre público geral, cadeirantes/obesos e idosos/pessoas com necessidades especiais. É importante lembrar que crianças também precisam de ingresso para acessar o estádio. Ao chegar nas arquibancadas, os torcedores encontrarão voluntários e agentes de segurança privada treinados para orientá-los a encontrar os assentos marcados nos ingressos. A venda de cerveja no estádio será encerrada aos 30 minutos do segundo tempo, mesmo que o jogo se estenda para a prorrogação e disputa de pênaltis.